24 de dezembro de 2012

Flores

De tão belas passo a odiá-las.
Tão alegres que me entristecem.
Tão vivas que me noturnam.
São usadas em caixões

para ocultar a tristeza da morte;
ou dadas para trazer 

um temporário sorriso falso;
na face chorosa de um alguém.
Flores morrem rápido;
e qual seria o seu objetivo de nascer,
se durará tão pouco?
Do que adianta uma bela flor;
se dela não virá um fruto,

nem uma semente.
Flores só tem aparências,

uma máscara;
de tão belas são ilusórias.
Pra que serve uma flor ?
O mundo não precisa das tuas cores
…eu não preciso.
Só peço que não me dê flores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Thash box