22 de novembro de 2013

Vermelho

Cor do sangue
Cor da vida
A carne mal-vivida

Da boca, do batom
Do fato escorrido

Do vestido de seda
Da festa que infesta
O salão de vermelho.

Cor dos sentimentos
Que vem de dentro
Sempre constrangidos

Dos olhos que denunciam
Escarlate cintilam
De longe
Nunca esconde.

Minha cor preferida.

Odinista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Thash box