7 de junho de 2014

Que tristeza,
Acordo mais uma vez viva
Amanheço mais uma vez
Convicta.
De que a vida
não é feita para mim.

3 comentários:

  1. Nossa, esse poema é tão eu hahaha sério, adorei *-*

    ResponderExcluir
  2. Sentimento estranho, né? Em teoria, a vida não tem forma e não é feita pra ninguém, de alguma forma, é o vivo que transforma a vida em algo para ele. Ainda, a maneira como uma maioria consegue igualar a forma que eles transformam suas próprias vidas faz com que o resto de nós, os que se recusam a fazer mesmo, se sintam inadequados com nossas próprias vidas. Isso fez algum sentido? Foi isso que você quis dizer? Eu tenho a tendência de viajar nas suas poesias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara você viaja mesmo nas minhas poesias, mas em resumo é isso, claro que sua maneira de interpretá-la foi mais profunda e bonita e me sinto super honrada em saber que minhas poesias te causam isso.

      Excluir

Thash box